O que é Apometria

15:56 Escola Flor da Vida 1 Comments


O Termo apometria tem sua origem no idioma grego Apo- além de metria- medida e significa desdobramento. Consiste em uma técnica baseada na sucessão de pulsos energéticos, objetivando a separação dos diversos níveis de consciencia tanto do consulente quanto do médium, facilitando, assim, diferentes tipos de atendimento.
A partir de 1965, através de acuradas observações e comprovações práticas em seu trabalho na Casa do Jardim, em Porto Alegre, o Dr. José Lacerda de Azevedo delimitou uma nova era no avanço do diagnóstico e da terapeutica espiritual, fundamentando a técnica apométrica.

A apometria viabiliza o tratamento dos diversos níveis energéticos do ser, através da intervenção do plano espiritual e da participação dos médiuns que, tendo sua percepção ampliada pelo desdobramento apométrico podem descrever os fenômenos que ocorrem durante o atendimento dos consulentes no plano extra físico. A partir disso, podem propor procedimentos terapêuticos de natureza física, psicológica ou espiritual que o caso requeira. Através deste processo, o consulente adquire novas condições para buscar seu reequilíbrio.
Como condição primordial é imprescindível que o trabalho tenha cobertura do plano espiritual e que a equipe mediúnica, além de conhecimento e experiência, mantenha elevado padrão vibracional e ético.
Após 30 anos de experiência, a apometria mostra a atualidade de seus conceitos e práticas frente aos recentes avanços da ciência, principalmente, da física quântica que fundamenta o paradigma científico emergente. Em consonância com os preceitos de Kardec, indica a necessidade de o espiritismo acompanhar a evolução do conhecimento científico, instrumentalizando-se para responder às inusitadas exigências dos novos tempos.
A Apometria é uma técnica de desdobramento espiritual induzida por energia mental de um operador, encarnado. É uma técnica anímica, ou seja provém do próprio espírito encarnado.
Em 1965, o Dr. LUIZ RODRIGUES apresentou-a a um grupo de espíritas eminentes, em Sessão realizada no Hospital Espírita de Porto Alegre (HEPA),que na época era presidido pelo Sr. Conrado Rigel Ferrari. O Dr. LUIZ RODRIGUES chamava sua técnica de Hipnometria. O Dr. Luiz Rodrigues, farmaceutico-bioquímico, natural de Porto Rico, radicado no Rio de Janeiro, não era espirita, mas veio até este hospital para tratamento de saúde. Foi ele quem primeiro experimentou o desdobramento induzido por um operador encarnado.

Dr. JOSË LACERDA DE AZEVEDO, formado em medicina pela UFRGS em 1951, Cirurgião, ginecologista e, mais tarde, clínico geral; com conhecimentos aprofundados em Matemática, Física, Química, Botânica, História Geral, foi o responsável pelo desenvolvimento e fundamentação científica da Apometria. Dr. LACERDA, tinha formação e vivência espírita desde a juventude. Dr. LACERDA casou-se , com sua prima Sra. Iolanda Lacerda de Azevedo.
O convite do Sr. Conrado Ferrari para assistir uma demonstração de Hipnometria, dirigida pelo Dr. Luiz Rodrigues, no Hospital Espírita de Porto Alegre, nos idos de 1965, foi a partida para que o Dr. LACERDA, desenvolvesse e fundamentasse cientificamente a APOMETRIA. Suas primeiras experiências foram realizadas com a sua esposa que é médium. Com o auxílio da esposa, que possui a vidência, pode estudar e fundamentar a técnica.
Dr. LACERDA adotou o termo APOMETRIA (do grego "apo" = além de, separar e "metron"= medida), por entender que o termo Hiponometria era impróprio por dar a idéia de hipnose, que não tem qualquer relação com as técnicas de APOMETRIA.


LEIS DA APOMETRIA:
    Todos os enunciados aqui apresentados são de autoria do Dr. LACERDA. A redação é a que consta de Espirito/Matéria: novos horizontes para a mediciana/José Lacerda de Azevedo – Porto Alegre: Pallotti, 1988.
    REGRA DE OURO DA APOMETRIA
    "Aqui, no entanto, devemos clarinar um vigoroso alerta para os entusiasmos que possamos estar provocando. Como fundamento de todo esse trabalho – como, de resto, de todo trabalho espiritual – deve estar o Amor. Ele é o alicerce. Sempre".
    As técnicas que apontamos são eficientes, não temos dúvidas. O controle dessas energias sutis é fascinante, reconhecemos, pois desse fascínio também sofremos nós. Mas se tudo não estiver impregnado de caridade, de nada valerá. Mais: ao lado da caridade, e como conseqüência natural dela, deverá se fazer presente a humildade, a disposição de servir no anonimato. Se faltar amor e disposição de servir pelo prazer de servir, corremos perigo de incorrer na má aplicação das técnicas e do próprio caudal de energia cósmica, tornando-nos satânicos por discordância com a Harmonia Universal. Advertimos: através da obediência dos preceitos evangélicos, somente através dela, experimentadores e operadores podem desfrutar de condições seguras para devassar esses arcanos secretos da Natureza, com a adequada utilização dessas "forças desconhecidas".

Um comentário:

  1. O amor é a fonte de tudo, mas as vezes esquecemos de
    que precismos nos amar também.
    Cheio de amor poderemos então amar tudo
    e sempre ir a fonte de amor.
    Eu me amo e não vou mai largar de mim!!!

    Cristina Campos

    ResponderExcluir